Destaques

moving image by marquee html code      moving image by marquee html code      moving image by marquee html code

Segredos- CAP 7

Tifa Uchiha apresenta:
Fanfic Segredos-CAP 7Acredite
NO ULTIMO CAPITULO

_Sakura você esta me ouvindo?-perguntou ele novamente e nenhuma resposta do outro lado pode ser escutada, talvez estivesse dormindo, ou simplesmente estava o ignorando. Não importava se ela o ouvia ou não, Sasuke apenas queria que ela soubesse.

_Eu só fiz aquilo porque estava com raiva, e com medo que você fosse embora.-confessou ele, e pausou por um momento suspirando, como era difícil.

_Mais eu nunca faria mal a você. Nunca... -prometeu ele em frente a porta trancada.

CONT...
Foi quando Sakura o surpreendeu abrindo a porta.

_Eu acredito em você!-disse Sakura, contemplando o Uchiha a sua frente, com a camisa ainda suja de sangue, um pouco ferido.

*Imagem On*



















*Imagem Of*

Sasuke a olhou aliviado, e a puxou em um abraço e a beijou. Seus lábios se coloram em um singelo beijo, o simples tocar de lábios.

_Sasuke...-disse ela.

_Não.. shiii - silenciou ele - Não diga nada, esteja somente aqui, aqui agora ... Por favor?- implorou ele para ela, antes que qualquer pensamento o impedisse, e vesse que estava errado, a beijou novamente.

Com cada beijo, Sakura sentiu o mundo exterior e todos os seus horrores se afastando cada vez mais. Como algo podia estar errado quando ela própria sentia que o céu estava próximo?

Sakura o amava sem saber como, nem quando, nem onde, o amava simplesmente sem problemas nem orgulho, o amava assim porque não sabia amar de outra maneira.



[Meses Depois...]
Diz à lenda que os espelhos refletem a alma de quem os olha. É por isso que os povos primitivos têm medo de espelhos; temem que suas almas fiquem presas e sejam roubadas. Assim, vampiros não deveria ter reflexo. Porque eles não têm alma.
Lentamente, Sasuke estendeu a mão para o espelho e o virou para baixo, ajustando para que Sakura pudesse olhar.

_Quando estou com você, não quero ser mais esse cara.-disse o Uchiha, em frente ao vidro prateado, ela viu os olhos dele perdidos, assombrados.Como o Uchiha odiava ser este monstro sedento por sangue. Antes,o monstro que lhe amedrontava nos pesadelos e hoje, dividiam o travesseiro.

_O que quer ser,Sasuke?- perguntou Sakura virando-se para ele,tocando-lhe o rosto com a ponta dos dedos. Sasuke não era mais a mesma pessoa e certamente nunca mais seria tudo muda, nada fica,adquiria novos costumes e ganhava novos defeitos, e com o tempo as pessoas passaram a odia-lo mais do que admirar.


– Quero ser alguém bom o bastante para ser visto com você. -respondeu ele entristecido.


_Eu te amo Sakura Uchiha.-sussurrou o Uchiha beijando-lhe os lábios.


O sangue de Sakura, o olhar de Sasuke, seus beijos, seus braços fortes, tudo parecia convidativo. Ser profundamente amado por alguém lhe dava força; amar alguém profundamente o dava coragem para lutar ate contra ele mesmo.
O Uchiha se distanciou de Sakura por um momento, atualmente tentava ser diferente, não, que não bebesse mais sangue humano, pois isso já era uma mudança drástica de mais para ele um vampiro tão poderoso. Mais agora o mesmo procurava fazer isso de uma maneira menos sanguinária e violenta de antes.

_Então eu vou...-disse o Uchiha se despedindo dela.

_Então eu vou ficar aqui com o Salem.-respondeu ela ajeitando alguns fios de cabelo atrás da orelha.

_Quem e Salem?-perguntou Sasuke arqueando uma das sobrancelhas.

E do nada surge um gato preto de orelhas pontudas e olhos verdes na porta, e Sakura o pega em um abraço.

_E o meu gato de estimação. -disse Sakura sorrindo, mais Sasuke não tirava os olhos do gato preto que o encarava.

_Tire essa coisa daqui!-ordenou o uchiha.

_Mais Sasuke!-questionou a Haruno chorona.

_Você não tem permissão para ter um gato.-disse ele sem rodeios.

_Mais ele e pretinho, olha os dentinhos dele, as orelhinhas.

_Tsc!-murmurou o Uchiha com pouco caso.

_Há ele e tão bonitinho!-disse a rosada abraçando o gatinho, que chegava fechar os olhinhos de tão manhoso. Sasuke enciumado olhou para o bichano mostrando os dentes,e o gato armou ataque.

_Ha! Que bicho asqueroso!-protestou o Uchiha,que animal mais insolente era esse que ousava apontar os dentes para o poderoso Uchiha.

_Pensei que gostasse de gatos.

_Eu sou um vampiro Sakura, não uma bruxa!Aff!-suspirou ele fadigado, estava certo que ela descobriu que existem vampiros, mais não queria dizer que o resto dos personagens dos livros de contos de fadas fosse verdadeiros.

_Porque colocou um nome nesse idiota?-disse ele já xingando o pobre do gato.

_Salem e o gato da Sabrina que fala. -respondeu ela.

Como se o Uchiha tivesse a obrigação de saber qual os bichos de estimação de uma possível bruxa da tv.Realmente conviver com uma humana em casa, não era fácil.Nunca pensou que seria atordoados com tantas perguntas e imaginações malucas.Levou a mão a testa, deixando que ela escorrega-se sobre o rosto pediu “Paciência!”, depois de contar de um ate três deu alguns passos se aproximando dela.

_Meu amor, eu não sei o quanto essa historia de vampiros afetou a sua cabeça, mais meu anjo posso te contar um segredo?

_Hun?- perguntou ela se aproximando dele curiosa.

_Gatos não falam!-sussurrou ele em seu ouvido, beijando levemente seu rosto e acertando um tapa na cabeça do gato, para logo desaparecer no vento.

[Dias Depois... 18 de Dezembro ]

Um grande baile de mascaras estava marcado, e nele todos os vampiros da alta nobreza estavam presentes. Todos se portavam elegantemente usavam mascaras. Foi quando as duas portas do salão se abriram, revelando o casal Uchiha que acabara de chegar.
As pessoas se viraram, levantando-se ao mesmo tempo para receber o casal Uchiha.
Antes de entrar, Sakura segurou a mão de Sasuke em um gesto particularmente afetuoso, para que ele a conduzisse pelo salão, e este não conseguiu deixar de comparar a ladra rabugenta com a dama elegante que a agora estava na sua frente. Antes, ela mal passava de pele e ossos, com os olhos de uma criatura selvagem e assustada sob grande tensão, usando shorts largo e comum, com botas de homem andando armada. Agora Sakura o fazia se lembrar de uma dama, romana, com o rosto tranquilo e começando a se encher sob uma coroa de diamantes reluzentes, presas atrás por grampos cravejados de pedras preciosas. Ela manterá sua elegância, se não a conhecesse poderia dizer que era ela sempre foi uma princesa. Hemione Estava com um vestido de seda pura, cor de rosa, com uma anágua dourada cheia e reluzente, encantava a todos.

Minutos depois Sasuke foi chamado para discutir algo com alguns dos outros convidados, deixando Sakura por algum momento. Sakura que já estava bem acostumada em como se portar no meio dos outros convidados, não deixando a desejar qualquer norma de etiqueta.
Em um canto do salão Sakura observava o Uchiha que conversava com alguns vampiros, diferentemente de antigamente agora ela sabia que espécie de “pessoas” frequentavam estas festas.
Desde que soubera que Sasuke era um vampiro, mesmo que isso às vezes lhe deixasse um pouco receada e preocupada, pois, mais no fundo ela conseguia enxergar aquele Sasuke pelo qual foi apaixonada, e apesar dele ser um vampiro ainda assim o amava.

Sempre haverá alguma coisa pra arruinar nossas vidas. Tudo depende do quê, ou de quem nos encontra antes. Foi quando em meio aos seus pensamentos um moreno vestido de terno, e mascarado se aproxima dela.


_Boa noite Sakura, realmente como todos diziam, você e linda.-elogiou o homem.

_Obrigada! -sorriu a rosada agradecida.


_Não e sempre que temos a honra de ter pessoas tão lindas e carismáticas em nosso meio. -comentou o homem, deixando a rosada ainda mais sem graça.

_Disponham, sou uma garota como qualquer outra. -respondeu ela.

_Não você não é... -disse o rapaz balançando a cabeça.

Foi quando o garçom passou em frente a eles, justamente com duas taças. O homem educado pediu o garçom as duas taças, e ofereceu a dama a sua frente.

_Aceita uma bebida? -disse o homem extremamente cavalheiro pegando uma taça de vinho e oferecendo a Sakura.

_Sim, obrigado.-disse ela sorrindo pegando a taça de sua mão, ele logo bebeu o liquido de sua taça, gesto esse que foi seguido pela rosada a sua frente, tomando pouco mais do que a metade do vinho da taça.

_Espere, poderíamos ter brindado.-lembrou o rapaz.

_hun..ao que?-perguntou a rosada com os lábios encostados na taça.

_Ao seu falso casamento com Uchiha Sasuke.Não acha?

_Itachi!-suspirou ela ao perceber quem era logo procurou um jeito para se afastar dele, o Uchiha a barrou se colocando a sua frente.

_Você parece com medo?-suspirou Itachi bem próximo a ela.

_Porque estaria, impressão sua. -disfarçou Haruno, pois Sasuke havia pedido para que em hipotse alguma deixasse alguém saber que ela sabia da existência de vampiros. Para o seu próprio bem, deveria guardar isso em mais absoluto segredo.

_Não me diga que Sasuke te contou sobre o nosso segredinho. -riu Itachi maliciosamente, se aproveitando da oportunidade.



_Eu não sei do que esta falando. -mentiu Sakura receada, mais Itachi podia ver em seus olhos mesmo por detrás da mascara que ela mentia, pois a mesma sabia que ele também era um vampiro.


_Você já sabe que somos vampiros!-disse Itachi colocando a mão e sua boca, e desaparecendo com ela.



Ao abrir os olhos, Sakura pode ver grandes arbustos que faziam uma espécie de parede em toda a sua volta.Era uma espécie de labirinto verde.

_Onde eu estou?-perguntou ela preocupada, ao ver as grandes paredes de arbustos em todos os lados.


_Você esta aqui comigo! E isso o que importa. -sussurrou Itachi, segurando em seus ombros.


_SOCORRO!-gritou Sakura preocupada metendo a mão em Itachi, para rapidamente sair correndo.


Ela correu angustiada pelos arbustos, mais parecia não encontrar a saída, era muito alto impossibilitando que pudesse ver a direção certa. Estava em um labirinto verde, e não encontraria a saída assim tão facilmente.

Itachi como um flash de sombras, apareceu em sua frente à surpreendeu a empurrando, e Sakura caiu na grama.


_Calma querida!Eu só quero conversar com você!-disse ele pausadamente, e o coração de Sakura batia acelerado com medo.


_EU NÃO QUERO CONVERSAR COM VOCÊ!-gritou Sakura com os olhos cheio de lagrimas caída sobre a grama no meio do labirinto, já estava cheia daquilo, de ser perseguida. Porque parecia uma ima para vampiros.


_Eu não sou seu inimigo querida. -disse ele estendendo a mão, ajudando-a a se erguer do chão. Ela se levantou batendo a mão sobre a barra do vestido tirando os pedaços de grama.


_Maneira estranha de demonstrar isso me prendendo em um labirinto.-argumentou Sakura olhando para o vampiro a sua frente.


_Eu não te prendi.Você pode ir embora quando quiser.-sugeriu ele, como se a saída estivesse fácil logo ali virando a esquina.


_O que você quer?-perguntou ela.


_Conversar com você, só isso. Precisava de um lugar mais reservado por isso a trouxe aqui. Afinal você já sabe de nosso segredo. -murmurou o Uchiha passando a língua sobre os caninos na boca.


_Que são vampiros!Sasuke já me contou isso! -confessou Sakura.


_Tem certeza que Sasuke te contou todos os segredos?-perguntou Itachi provocando.


_Eu não quero saber de nada. E como você mesma disse que não estou presa, eu vou sair daqui agora. -disse Sakura dando alguns passos para o lado se afastando de Itachi para logo seguir em frente, mais algo peculiar lhe chamou a atenção nas palavras que ouviu da boca de Itachi.



_Sasuke te contou o porquê precisava de uma falsa esposa?-argumentou Itachi despertando a curiosidade de Sakura, que por um minuto para de caminhar e responde.


_Não... Isso não importa mais agora que estamos juntos... -disse Sakura sem se importar pelo qual real motivo a principio tinha sido paga.Pois ela e Sasuke se amavam e ficariam juntos pra sempre.



_Mais ele ainda segue com o plano. Afinal você mesmo antes sendo paga, ou mesmo agora apaixonada, e parte do plano. Hun...-sorriu Itachi de lado, vendo que a esposinha tinha se apaixonado pelo seu irmão.


_Hun... Ele não te contou?-murmurou Itachi.


_Não me importo. -respondeu ela confiante estava preparada para sair dali, mais parou quando ouviu Itachi.



_Mesmo que você continue sendo a isca?-contou Itachi, e Sakura virou para olha-lo no mesmo momento.


_A isca!Você e simplesmente a isca querida a armadilha, a idiota que morre no final, a armadilha, o sacrifício.



_Esta blefando, ele não faria isso comigo. -negou ela não acreditando nas palavras que ouvia.



_Sasuke e realmente impressionante tenho que admitir, ele a fez se apaixonar por ele para parecer mais real, só para atrair um assassino. E olha que a parte mais incrível desta historia e que você morre no final, pra ele encontrar a verdadeira princesa, historia digna de aplausos no final.


_Ele nunca faria isso comigo. Alem do mais ele disse que me ama.

_Ha!Ha-riu Itachi ao ouvir as palavras dela. -Ele não te ama querida, ele só esta te usando para achar a princesa Hana, essa sim e a sua verdadeira esposa, você e simplesmente um fantoche para ele chegar a ela.

_Ele desistiu de todos os planos por mim. -defendeu-se ela.


_Se desistiu porque motivos ele não te contou? Não seja tão estúpida querida, você continua sendo a peça do plano dele pense bem. -disse ele passando os dedos sobre o pescoço dela, em tom de morte.


_Então vamos provar se ele realmente te ama. E se Hana Uchiha aparecesse?


_Não mudaria nada. -respondeu Sakura confiante.


_Tem certeza? -perguntou o Uchiha arqueando as sobrancelhas.


_Às vezes o amor de Sasuke não seja tão forte assim. -disse ele.


_Esta com medo?-sorriu Itachi, ao ver o ciúme praticamente estampado na cara da rosada.


_E claro que não, tenho certeza que ele me ama.-disse ela sorrindo lembrando-se das dóceis palavras de Sasuke dizendo que a amaria pra sempre.


_Então não mudaria nada se ela aparecesse. -provocou Itachi sorrindo.


_Eu não sei onde esta a garota.-disse Sakura.


_Não precisa saber. -disse Itachi balançando a cabeça, acabar com a felicidade de seu irmão estava no top de sua lista.


_Hunn.. Você e louco. -gritou Sakura ao doente cunhado que fazia de tudo para importunar a vida de seu marido. Pensava em quanto tempo Itachi semeava este ódio por seu irmão.


_E se Hana Uchiha aparecesse, não se surpreenda se ele simplesmente se livrar de você. - perguntou Itachi puxando-a pela mão dançando com ela.


_Pare com isso. -protestou Sakura o empurrando com força, estava certo que ela temia isso. Afinal era simplesmente uma ladra, sabia perfeitamente onde estava sua classe, jamais seria aceita pela então famoso e lendário clã Uchiha.


_E a verdade, quando você não for mais útil, Sasuke vai simplesmente se livrar de você. Quem sabe a mande para cadeia, ou melhor, lhe interne em um sanatório. Pois você e simplesmente a isca de um plano perfeito.Ele só esta te usando. -a avisou.


_Você esta mentindo. -negou Sakura, nervosa não querendo aceitar, mais as palavras de Itachi se encaixavam nas ações de Sasuke desde que o conhecera.


_Por que mentiria pra você querida?-disse Itachi encostando os dedos nos seus finos fios de cabelo.


_Eu não sei... -respondeu ela suspirando, e ele a puxou novamente bailando com ela no meio do labirinto como se dançasse.


_Então pergunte a ele. -disse Itachi a girando pelo braço, fazendo com que todo o seu vestido rodasse.


_Você esta mentindo. -disse ela, ao terminar a extensão de seus braços, Itachi a puxou para si, fazendo com que ela batesse em seu peito.


_Pergunte a ele Sakura, e veras que não estou mentindo... -disse Itachi em um sussurro olhando em seus olhos verdes.

Sakura ficou olhando aqueles olhos negros cheios de ódio que lhe encaravam, quando de repente ele sumiu. Quando deu por si Sakura já estava novamente no meio do salão do baile, não entendia como? Em um simples piscar de olhos Itachi o tinha trazido de volta.
Sakura quando levantou o olhar, pode ver Sasuke a sua frente.


_Sasuke!-sussurrou ela.

_Onde você estava Sakura, ainda não dançou comigo. -disse Sasuke estendendo a mão para ela.

Sasuke delicadamente a puxou para si, e ela se se encostou a seu peito. Uma musica nova começou a ser tocada.

*Music On*
Sleeping At Last- All Throught The Night

*Music Of*

Juntos davam alguns passos acompanhando a musica serena, diferentemente das outras pessoas que dançavam os dois, pareciam serem apenas um na dança, a sincronia de seus passos, de sua respiração. Sasuke podia ouvir o coração dela batendo forte em seu peito.

“Pergunte a ele!” as palavras de Itachi teimavam em aparecer sem sua mente, e se Itachi estivesse dizendo a verdade. Sakura apoiou a cabeça em seu ombro, pensando.

[Durante toda a noite
eu vou estar acordado
E eu estarei com você]



Itachi estava mentindo tinha certeza, Sasuke nunca faria isso com ela. Ele a amava, acima de tudo de qualquer plano idiota, estava com ela. Não cairia na armadilha de Itachi um idiota duvidando de Sasuke. Não, não faria isso, tinha certeza que ele a amava e isso era o suficiente, Itachi só queria destruir o amor deles, era isso.
Sasuke olhou para Sakura e a beijou levemente nos lábios, fazendo com que todas as duvidas sumissem naquele momento. Assim como o seu coração batia no peito, o amava, e ele nunca faria mal a ela. Nunca!

Olhou aqueles olhos negros que tanto a hipnotizavam, Sasuke o vampiro que roubou seu coração.Levou uma das mãos que se apoiava na nuca do rapaz ao seu rosto, deixou que a ponta dos seus dedos deslizasse em sua bochecha ate o canto dos lábios do rapaz, que sorriu se aproximando e a beijou intensamente.


[Ah, durante toda a noite de hoje
Sabendo que nós sentimos o mesmo sem dizer]



Ao se separarem, ele sorriu tocando seu queixo com a ponta dos dedos o ergueu levemente para ele e olhou naqueles lindos olhos verdes que preenchia a escuridão de sua vida.


_Esta tudo bem meu anjo? -perguntou Sasuke, e o coração falhou naquele mesmo instante, como fragmentos de memórias vieram a sua cabeça.


_O que disse?-perguntou Sakura parando na dança.


_ “Esta tudo bem” foi isso que falei!-disse Sasuke, repetindo as palavras que havia falado a pouco tempo, que tanto incomodava Sakura.


_Não depois disso. -disse ela devidamente alterada.

_Meu anjo!-disse ele.


_Meu anjo!-repetiu ela ouvindo o som de suas palavras saindo de sua boca.

“Meu anjo!” a mesma voz, tinha acontecido a muito tempo e ela não se lembrava do rosto, mais aquela voz a chamando de anjo nunca tinha saído de dentro de sua cabeça. “A mesma voz”

_Meu anjo, como não pensei nisto antes!-disse ela levando às mãos a cabeça em tom de angustia. Talvez não tivesse reparado antes, pois não sabia que Sasuke era um vampiro, mais agora tudo se encaixava.

Sakura olhou em seus olhos amargurados, quase desabando em lagrimas e o deixou para logo sair em direção a porta do salão, bateu nelas abrindo-as e correu descendo as escadas, Sasuke correu atrás dela.A madrugada fria, quase congelava la fora.

_O que foi Sakura?-perguntou Sasuke sem entender nada puxando-a pelo braço, quando ela se virou ele pode ver seus olhos cheio de lagrimas.

_MEU ANJO!-gritou ela, e as cenas daquela noite de neve em que um vampiro a atacou veio a sua cabeça. A mesma frase, a mesma voz.


_Era você. -disse ela angustiada, uma lagrima rolou de seus olhos.


_ERA VOCÊ SASUKE!


_Do que você esta falando Sakura?- disse Sasuke se aproximando dela.


_Não se aproxime de mim.-disse ela colocando as mãos na frente impossibilitando que ele chegasse mais perto.


_Me responda uma coisa, com toda a sinceridade?-perguntou ela


_O que é?-perguntou ele.


_Prometa que vai me dizer a verdade. -pediu ela,sem se importar com o frio.


_Eu prometo o que você quer saber?


_Em um dia de neve, eu tinha sete anos e um vampiro apareceu e me mordeu, sugando quase todo meu sangue.-contou ela, e ele sabia exatamente do que ela se referia, como poderia esquecer.


_O que quer saber?-perguntou ele.


_O vampiro que me atacou, era você Sasuke?-perguntou ela, e Sasuke paralisou naquele mesmo momento, se ela soubesse a verdade talvez nunca mais o perdoa-se.


_Não sei do que esta falando, poderia ser qualquer um.-disse Sasuke tentando desviar da acusação, porque o destino insistia em lhe ferrar, Justo a garota que atacou e deixou viva, era a mesma garota que amava.Como explicar o inexplicável.


_Era você Sasuke?-perguntou Sakura novamente olhando em seus olhos.


_Se fosse não me lembraria, já matei milhões de pessoas.-mentiu ele desviando o olhar, devidamente incomodado. O pior de todos não é aquele que apenas trai mais sim o que tenta sustentar uma mentira até o fim.


_Era você Sasuke?-repetiu mais uma vez, e agora a pergunta parecia soar mais como uma acusação.


_Sim fui eu!-admitiu ele.


Sakura o olhou entristecida, em seus olhos escorriam lagrimas.Era ele o monstro que quase a matou naquela noite, o mesmo monstro que lhe aterrorizava em pesadelos durante toda a sua vida. Tão nova quando a dor começou e agora sempre com medo de ser amada.
Pior do que uma mentira é a dor das ilusões que ela nos causa e tudo que ela nos faz perder por dizer.Mas é melhor uma verdade que dói do que uma mentira que conforta.


_Me desculpe Sakura!Você não sabe o quanto eu me arrependo.


_Por favor, Sasuke me Magoe com verdades, mas não iluda com mentiras! -disse ela balançando a cabeça, para que ele parasse.Agora tudo parece fazer sentido, Itachi tinha razão.


_ Diga-me por que casou comigo Sasuke?-perguntou ela.


_Por que se casou comigo?-perguntou ela, e seu hálito quente soprava no meio daquele frio.


_Você já sabe... Se não soubesse não estaria me perguntando. -disse ele frio, pois se ela do nada queria saber disso, era porque tinha descoberto tudo.Tinha vistos seus pontos fracos, suas mentiras seus pecados, sua verdadeira face um monstro.

_Não eu não sei... -disse ela entre lagrimas. E mesmo agora Sasuke não se surpreendia, era algo inevitável,como foi idiota o suficiente para pensar que um dia conseguisse ser amado.


_Você era parte de um plano desde o inicio, eu só te usei como isca para descobrir quem era o assassino e encontrar a princesa que sumiu.-disse friamente o uchiha.


_Um plano!- suspirou ela as informações parece que não processaram corretamente, suspirou tentando repirar aquilo parecia ter atravessado seu peito. Quanto maior é a subida, sobre mentiras, maior é a queda e a dor, na descoberta da desilusão É horrível perceber que tudo aquilo que você acredita é mentira.


_Espera! Deixa-me ver se eu entendi bem!EU SOU PARTE DE UM PLANO PRA PROTEGER UMA VACA?- rosnou a Haruno gritando, tinha todo o direito de estar grilada naquele momento.Tinha lhe entregado seu coração, e ele simplesmente tinha brincado com seus sentimentos.

_Perfeitamente!


Sakura não estava acreditando que tudo, o casamento todos os momentos que viveram juntos, e ele dizendo que a amava, jurando a proteger. Pior do que se iludir e se desiludir e ver que tudo que você acreditava ser real não passou de mentiras...


_Você disse que me amava Sasuke!-disse ela entre lagrimas.


_Mais eu te amo, não duvide disso. O amor que eu sinto por você e verdadeiro.-disse ele tocando-lhe o rosto bem próximo a ela, mais quando a gente descobre algumas verdades, parece que todo o resto foi mentira.


_Como você pôde Sasuke?-questionou ela,e ele pode ver as lagrimas rolarem de seu rosto naquela madrugada fria.


_VOCÊ ME AMA! Tem certeza disso?-disse ela enfurecida.


_Você prometeu que nunca me faria mal Sasuke e olha o que você esta fazendo agora? Você não me ama, não... Se me amasse não me usaria assim.


Quando você se perde, você tem duas opções, achar a pessoa que você é dentro de você.Ou perde-la completamente, e neste momento Sasuke havia se perdido, e não tinha mais nenhum motivo para salvar-se.O Sasuke vampiro frio e arrogante que só se importava com seus próprios planos. Nenhuma gota de arrependimento Sakura pode mais ver em seus olhos, ela suspirou procurando forças para enfrentar aquele momento tão doloroso. Deu alguns passos para ir embora dali definitivamente, mais foi impedida por Sasuke que a chamou.

_Sakura você não pode ir agora, se não vai colocar todo o meu plano a perder, pelo menos fique por esta noite. Depois que terminar o baile você pode ir embora. -pediu o uchiha, afinal o que achariam os outros vampiros depois de vê-lo sair correndo atrás da princesa, e depois voltar sem ela, deveria continuar com a farsa pelo menos por aquela noite.

_Hun... E só isso que você se importa não e mesmo?E eu aqui pensando que você me amava. -disse ela sarcástica, como aquilo doía, ajeitou o vestido e subiu alguns degraus sobre a escada.

_Sakura...-sussurrou o Uchiha.

_Esquece Sasuke, pode deixar eu vou ficar bem, estou acostumada a ser derrubada. -disse ela enxugando as lagrimas forçando um falso sorriso, ela estendeu a mão para que o mesmo a segurasse para voltarem para o baile, para continuar pelo menos por aquela noite com a farsa.

O Uchiha segurou sua mão, e subiram juntos as escadas, logo abriram as portas do salão, voltaram para o baile. Sakura sorriu como sempre, sendo observada por todos.

Sasuke pegou duas taças oferecendo uma delas para Sakura, que a pegou de sua mão sorrindo forçadamente, ate quando aguentaria permanecer ali? Sorrindo, se por dentro se despedaçava em tristeza.

_Eu queria propor um brinde. -pediu Itachi no meio da multidão aparece Itachi que logo chama a atenção de todos para si, e todos pegaram suas taças.

_E queria dizer algumas palavras antes de brindarmos. -pronunciou Itachi.

_Por favor, Itachi não temos a noite toda falta poucos minutos para este baile acabar. -disse o Sasuke impaciente fitando a janela, vendo que logo o dia nasceria.

_Uma vez durante minha vida, eu pude contemplar algo bem inusitado, um vampiro sanguinário que se apaixonou por uma ladra... -ameaçou Itachi podendo ver o olhar ameaçador de Sasuke sobre si.

_Pelos motivos errados no inicio, simplesmente para se vingar de uma pessoa que matou toda a sua família repugnante e odiosa, em um dia de neve.-sorriu Itachi,chamando a atenção de Sasuke sobre o fato ocorrido.


_Na verdade esta pessoa te salvou daquela família odiosa. Pois se o mesmo quisesse poderia ter posto fim a sua vida naquele dia de neve em frente ao lago,ou quando correu para os braços indefesos de uma garotinha. -disse Itachi, e os olhos de Sasuke se arregalaram, so havia uma única resposta para explicar o porque de Itachi saber disso.

“Itachi era o assassino!” concluiu Sasuke.

_E descobri que pessoas não mudam, não importa o quanto tentem uma ladra nunca será uma princesa. -disse Itachi olhando para Sakura ameaçando, o coração de Sakura falhou naquele momento.

Itachi moveu a taça entre as mãos, e sorriu. Sakura olhou amargurada nos olhos de Sasuke, como podia deixado se envolver a tal ponto.

_E monstros, só descobrem maneiras novas de mentir. -concluiu Itachi sorrindo para o irmão que enfim tinha sido descoberto, e Sakura pode ver o monstro que sempre ele nunca deixou de ser, pois sempre foi.

E agora o que restava a Sasuke e Sakura? Itachi os tinha nas mãos, sabia de todos os seus segredos.
Que ele enganava a todos com uma falsa princesa só para usurpar o trono ou Sakura à ladra farsante , que havia descoberto sobre vampiros que deveria ser presa .

Faltavam poucos minutos para que o sol começasse a raiar la fora.A escuridão escondia o verdadeiro tamanho dos medos, das mentiras e dos arrependimentos. A verdade é que eles são mais sombra do que realidades por isso parecem maiores no escuro. Quando a luz brilha, você começa a ver o que são realmente.


_Enfim pessoas assim sempre tem um final trágico. -murmurou Itachi, sorrindo para o casal mostrando que havia descoberto tudo, e se Sasuke não fizesse alguma coisa ele mesmo iria fazer para acabar com esta farsa.


_Todos brindemos ao casal Uchiha que nós honram com sua presença esta noite!-finalizou Itachi, e todos o acompanharam no brinde.

_Um beijo para comemorar este laço. -pediu Itachi, com o objetivo de feri-los ainda mais, o pedido foi seguido por todos.

E Sasuke olhou entristecido para Sakura que tinha os olhos marejados de lagrimas.Que amor o que?Como ousaram pensar que algum dia poderiam ser amados, e viverem felizes para sempre?

Sasuke deu alguns passos lentos, em sua direção.Segurou seu braço gentilmente e a puxou para perto de si quebrando a pouca distancia que havia entre eles moldando seus lábios perfeitamente com um beijo intenso, como se não pudessem mais resistir; e não podiam. Com o coração despedaçado, um beijo de amargura, e ressentimentos.

Eles distanciaram seus lábios por alguns instantes, como se precisassem de um pouco de fôlego, mas na verdade eles só queriam sentir as respirações aceleradas um do outro, e quando sentiram ambos voltaram a se olhar, seria este o destino trágico deste amor, se e se pudesse chamar de amor em meio a este mar de mentiras.

As pessoas abriram espaço para que o casal pudesse dançar, e Sasuke gentilmente pegou a mão de Sakura, trazendo-a para o meio do salão.

Ele tocou-lhe na cintura, guiando-a. E ela receosa estendeu uma das mãos tocando as dele, que a segurou.

*Music On*
Laura Pausini-Vivimi

*Music Of*

_ Fique tranqüila, quando o sol aparecer, você estará livre.-disse Sasuke e os dois fitaram a janela, podendo observar que a aurora se aproximava marcando o fim daquele madrugada fria.

[Não preciso mais de nada
agora que...]

Eles deram alguns passos, e Sasuke a conduzia serenamente na dança. Passos incertos, Sasuke podia ouvir o coração de Sakura bater encostado em seu peito.
A amargura lhe consumiam a alma, uma historia de amor que não deu certo, ele a girou na dança e a pegou novamente nos braços, levando-a próximo a chão, e ele perdeu-se a si mesmo na imensidão daqueles olhos verdes, a amava tanto.

De repente um primeiro raio de sol atravessou a janela iluminando seus rostos.

[Aqui, grandes espaços e nós
Céus abertos que agora
Não se fecham mais
É preciso viver daqui pra frente]



_Por favor Sasuke acabe com tudo isso agora. -pediu ela olhando em seus olhos.

_Como assim?- perguntou ele, girando-a no ar, para logo a trazer de volta aos seus braços.

_Essa historia de me passar por outra, de vingança e de encontrar essa garota.-sussurrou ela em seu ouvido, voltando a fitar seus olhos.

_Você quer que eu diga a todos que você não ela.-disse ele tocando-lhe o rosto com uma das mãos, admirando aquele frágil anjo a sua frente.

_Isso...desista de tudo e fique comigo.-pediu ela, seus olhos verdes brilharam.

_Sakura eu...-respondeu ele, e por um momento hesitou nas palavras, não queria magoá-la.

[Viva comigo sem vergonha
Mesmo que tenha o mundo todo contra
Deixe a aparência e pegue o sentido
E escute o que tenho aqui dentro]


_Não...não precisa me dizer nada, no fundo eu já sabia.-respondeu ela, deixando uma lagrima escorrer de seus olhos,e cair sobre o seu vestido.


Sasuke a olhava entristecido, porque tinha que ser assim. Se amavam tanto, e so isso deveria ser o suficiente para ficarem juntos. Mais em um mundo tão complicado, cheio de tantos segredos e pecados, era quase que impossível que uma historia assim tão trágica desse certo.

_Se você quer saber de uma coisa, eu me sinto aliviada... Aliviada, pois não conseguiria viver mais um segundo neste casamento.

_Sakura...-sussurrou ele entristecido, como aquilo poderia doer tanto.O sol já aparecia pela janela.

_ E se quer saber de uma coisa, eu me lembro de cada momento horrível que passamos juntos. E você com medo que não fosse real. E advinha só Sasuke!Não era. -disse ela sorrindo, e aquelas palavras doeu nele quanto nela, Sakura soltou suas mãos, se afastando dele.

Sakura disse adeus, ao seu quase amante. Adeus, aquele sonho sem esperança. Estava tentando não pensar no mundo sem ele, mais era difícil.Ele não poderia apenas lhe deixar?O fim, de seu romance sem sorte, virou as costas para ele caminhando em direção a um dos corredores para sair disfarçadamente do salão, e o Uchiha a acompanhou com os olhos ate que não foi mais possível vela, como se ao passar por aquela porta ela desaparecesse de sua vida, e que deixasse de existir em seu mundo.

Ela deveria saber que ele a traria somente dor. Quase amantes sempre trazem.

Seu coração parecia pesar no peito, como aquele momento estava sendo difícil. As lagrimas que encharcavam seus olhos, parecia lhe dificultar a visão.Passando pelo corredor sozinha, não agüentou e se encostou a uma das paredes, chorou.

[Você abriu em mim
A fantasia
As esperas os dias de uma alegria iluminada]

Sakura morria a cada decepção, a cada mentira, a cada pessoa que a abandonava.Ela tenta sair dali, mais ao instante de dar alguns passos pra fora do salão sente uma tonteira repentina, leva as mãos e a cabeça sentindo o mal estar e cai ao chão com as vistas um pouco ofuscadas, quase não enxergando.

A lembrança do vinho que havia bebido anteriormente lhe vinha à cabeça, deveria estar envenenado com certeza.

Ela ouve passos se aproximarem e a pegar no colo, e rapidamente a colocar no banco detrás do carro, ela pode ver bem embaraçadamente a nuca morena do rapaz e alguns fios preto de seu cabelo.

_Sasuke...-surrou a rosada antes de desmaiar perdendo a consciência.


[13 Horas depois...]

Em meios aos fortes flashs de luzes do por do sol que entraram pelo vidro do helicóptero iluminando os olhos de Sakura, que despertou ao sentir o pousar sobre o chão, não entendia o que ele estava fazendo. Ela levantou-se do banco para olhar , mais os raios de sol a impediam de ver claramente, mais foi ao instante de se sentar no banco a porta do helicóptero se abriu e três homens de branco a puxaram para fora.

_O que vocês estão fazendo?-perguntou ela ao seus pés tocarem ao chão pode sentir a forte brisa do mar soprar seu vestido, estava em uma ilha, não entendia porque tinha sido trazida ali.

Seu coração falhou ao ver um grande letreiro enorme em frente ao enorme prédio que dizia.

_Hospicio Change!- murmurou Sakura, antes que os homens colocassem um capuz branco em sua cabeça, a seguraram,

_ME SOLTEM! ME SOLTEM !-gritou ela desesperada sentindo ser levada para dentro do hospício. Ele estava a internando em um hospício, como podia fazer isso com ela.

_SASUKE? SASUKE VOCÊ NÃO PODE FAZER ISSO COMIGO? PORFAVOR!-gritava a rosada desesperada ao ser levada pra dentro dos corredores, e o Uchiha não fazia nada.

_Por favor sejam gentis com minha esposa, apesar de louca eu gosto muito dela, mais não a deixem sair. -disse o Uchiha ao medico que anotava os dados da nova paciente.


_Seu... Eu odeio você!-murmurou decepcionada a Haruno ao ouvir o Uchiha.

_Entendo perfeitamente Senhor Uchiha, ela não saira daqui. Levem-na. -ordenou o medico par os enfermeiros que a carregaram para dentro.

_Vocês não podem fazer isso comigo, eu não sou louca. Ele que e um vampiro.-disse a rosada.

O Uchiha sorriu de lado, ao ver Sakura se rebater enquanto os enfermeiros a seguravam.

_ELE E UM VAMPIRO EU JURO PRA VOCÊS! -gritou ela se rebatendo.

_Desculpem pessoal, e muito triste isso mais minha querida esposa esta tendo alucinações, e recentemente perdeu totalmente a sanidade.-disse o Uchiha.

_Compreendo Sr.Uchiha.

Os homens a ignoravam passaram com ela por uma grande porta de vidro, e retiraram o capuz de sua cabeça.

_ME SOLTEM! ME SOLTEM !-gritou Sakura enquanto estendia uma de seus braços, e outro caminhava em sua direção com uma enorme agulha nas mãos para aplicá-la.

_EU NÃO SOU LOUCA! EU NÃO SOU LOUCAAAA... NÃO ESTOU LOUCA.-gritou ela chorando.

E os outros dois homens a seguraram fortemente, para que ela ficasse quieta. Sakura imobilizada olhou para a agulha que se aproximava do seu braço, chorando.

_Eu não sou louca...-sussurrou Sakura em lagrimas balançando a cabeça, angustiada ao ver a agulha perfurar seu braço.

Aplicaram a injeção nela, e ele começa a perder os sentidos, não podendo mais ver ate que desmaiou.

CONTINUA...


By:Tifa Uchiha


======================================================
Notas finais do capítulo

NO PRÓXIMO CAPITULO:

FANFIC- SEGREDOS-Cap8-Salvação

No começo da historia, o futuro parecia tão brilhante, então isso se tornou tão mal.
Pouco a pouco, seu corpo se desfalecia. Sua respiração falhava, à medida que seu coração estava perdendo o ritmo das batidas,estava morrendo.
O ultimo Capitulo desta Fanfic

EM BREVE: 21/02/2015
[para mais informações acesse Blog SasuSaku Oficial]

By: Tifa Uchiha

PRÓXIMO CAPITULO>>
<<CAPITULO ANTERIOR


7 comentários:

larissa oliveira disse...

Lindo demais,chorei quando ele a internou.lindooooo,tifa vc diva

Anônimo disse...

Nãooooo hospicio nãoooo
Sasuke porque porque?
to chorando aqui :'(
Sakura meu amore agunta

Anônimo disse...

Porque vc ainda não postou?????
MDS to morrendo de anciedade aki *3*

Ana Paula disse...

Nossa amei sua fanfic vc merece um troféu de tão boa que é suas fanfíc

Ana Paula disse...

Nossa amei sua fanfic vc merece um troféu de tão boa que é suas fanfíc

Rita Cássia disse...

Ai adoreiiiii
Mto perfeita
a fic mtoo bem feita
quero cont a ler

Katherine Nana disse...

Chorei com esta cena, essa musica da laura pausini ficou perfeita.